Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página

Ação de extensão proporciona a estudantes da rede pública de ensino aulas de microscopia no Campus Porto Alegre

Publicado: Quinta, 30 de Novembro de 2017, 10h53 | Última atualização em Sexta, 01 de Dezembro de 2017, 11h12 | Acessos: 1416


O IFRS - Campus Porto Alegre recebeu na tarde de quarta-feira, 29/11, uma turma de 25 alunos do 7º ano da escola Escola Estadual de Ensino Fundamental Vera Cruz, de Porto Alegre. Os estudantes estiveram nos laboratórios de Microscopia e de Estereomicroscopia do campus, participando do programa de extensão Um Mundo Através das Lentes! (UMAL). A atividade dessa quarta-feira abordou o tema "Seres Vivos: Fungos". 

O programa proporciona à comunidade das escolas públicas o acesso às instalações do IFRS, especialmente aos laboratórios de microscopia, como forma de potencializar e pluralizar o uso desses espaços para a promoção da educação científica. Além disso, os alunos podem ter, como perspectiva futura, o ingresso nos cursos ofertados pela instituição.

Conforme a professora Márcia Bündchen, coordenadora do programa, por meio do desenvolvimento de atividades práticas que envolvem o uso dos equipamentos ópticos, como o microscópio e a lupa, a proposta busca contribuir para a superação da lacuna que existe na formação científica dos alunos de ensino fundamental e médio nas escolas públicas que, em geral, são desprovidas de espaços adequados para a realização de atividades experimentais, especialmente no que se refere à microscopia.

A ação Um Mundo Através das Lentes! vem sendo desenvolvida desde 2016 e atende regularmente às escolas de ensino fundamental e médio da rede pública estadual e municipal. Desde seu início, o programa já oportunizou a mais de 200 alunos de escolas municipais e estaduais a participação em suas atividades. "Temos tido resultados animadores e o programa está consolidado, de modo que gostaríamos de compartilhar nossos resultados com a comunidade", ressalta Márcia. 

Além da professora Márcia, fazem parte da equipe executora da ação os servidores Ângelo Horn, docente do campus, e Diego Hepp, técnico de laboratório do campus; a colaboradora externa Marilise Aroni, da Escola Estadual de Ensino Fundamental Rio Grande do Sul, e as alunas Alejandra Bolaños, bolsista do curso Técnico em Biotecnologia, e Amanda Neves, voluntária do curso de Licenciatura em Ciências da Natureza.

A equipe acredita que desenvolver atividades práticas inovadoras e de caráter motivacional e científico voltadas aos os alunos da rede pública de ensino fundamental e médio contribui para melhorar a educação e o seu sucesso escolar.

As escolas interessadas em participar do programa podem entrar em contato pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

  

 

O técnico em laboratório Diego Hepp ensina aos estudantes como manipular o microscópio

 

 

 

 

No laboratório de estereomicroscopia, eles analisaram exemplos de fungos, sob orientação da professora Márcia Bündchen 

 

Fim do conteúdo da página