Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Todas as notícias > Notícias Principais > Palestra sobre espaços da juventude na cidade encerra evento Saindo do Senso Comum de 2017
Início do conteúdo da página

Palestra sobre espaços da juventude na cidade encerra evento Saindo do Senso Comum de 2017

Publicado: Segunda, 27 de Novembro de 2017, 10h54 | Última atualização em Terça, 28 de Novembro de 2017, 16h09 | Acessos: 916

A palestra "A Casa, a Escola e a Rua: Espaços da Juventude na Cidade", com a professora professora da rede municipal Carmem Brunel, doutora em Educação pela UFRGS e pesquisadora, realizada no dia 22/11, marcou o encerramento da edição 2017 do evento Saindo do Senso Comum em 60 minutos, ação de extensão do Programa Permanente de Ensino de Línguas e Literatura (PROPEL) do IFRS - Campus Porto Alegre. 

O evento totalizou 12 palestras durante o ano, trazendo diversos profissionais e especialistas, para falar de temas atuais e debater com a comunidade questões no intuito de fazer o público refletir e sair do senso comum, conforme a proposta da ação.

Entre os assuntos abordados estiveram "O agro é pop? O pop não poupa ninguém" (parceria com o evento Os descaminhos do alimento, do solo ao prato); “Literatura d/e mulheres”; “O trabalho com refugiados na Alemanha: Um relato de experiência”; “Olhando de frente para o conceito de saúde da OMS”; “O desenvolvimento de políticas públicas para a reciclagem de resíduos sólidos”; “Experimentações na docência: causos e acasos”; “Mulheres negras na pós-graduação (parceira com o evento “Enegrecendo Setembro); “Roda de conversa sobre experiência de cotistas na UFRGS”; “Abuso infantil”; “Quanto vale, quanto custa viver na cidade?”; “Segurança Cibernética”; e “A casa, a escola e a rua: Espaços de jovens na cidade”.

"Vivemos em cidades: somos cidadãos! Vivemos a urbanidade. Mas quanto vale, quanto custa, viver na cidade? Em que lugar? Em que espaços? Quais as implicações da vida compartilhada no espaço da cidade, numa sociedade marcada por profundas desigualdades? Nossa conversa tenta trazer algumas questões para pensar sobre o assunto", colocou Leandro Andrade, durante sua palestra intitulada “Quanto vale, quanto custa viver na cidade?”, realizada no dia 25/10.

Carmen Brunel, ministrante da palestra de encerramento  "A Casa, a Escola e a Rua: Espaços da Juventude na Cidade", deixou a reflexão de seu estudo sobre o tema:  "Conhecer os espaços nos quais os jovens circulam e suas práticas sociais, não somente nos limites da escola, mas ampliando a análise para outros espaços, foi o objetivo desse estudo. Nas falas desses jovens, pôde-se observar que, mesmo enfrentando dificuldades familiares, econômicas e sociais, eles acreditam no futuro e na possibilidade de realizarem os seus sonhos mais caros. São estudantes com histórias de vida bonitas que procuram, através de suas práticas sociais cotidianas, ser reconhecidos como sujeitos de direitos e deveres, e capazes de contribuir na construção de uma cidade mais justa e igualitária. São meninos e meninas que precisam de mais espaços, de oportunidades imediatas, de acreditar nas instituições públicas e da confiança transmitida pelo olhar do adulto". 

A ação Saindo do Senso Comum em 60 minutos - ciclo de conversas sobre atualidades é um evento de extensão vinculado ao PROPEL que visa promover diálogos sobre diversos temas da atualidade e proporcionar acesso à informação e ao conhecimento. Tem entre seus objetivos principais debater sobre os temas propostos, com o intuito de que o público seja capaz de formular suas próprias ideias; retirar os conceitos que circulam na sociedade do senso comum e abrir um espaço de discussão diferenciada em prol da cidadania.

Mais fotos do evento estão disponíveis em: https://www.facebook.com/ifrspoa/posts/1607686615962438

 

Fim do conteúdo da página