Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Todas as notícias > Notícias Principais > Reitoria do IFRS garante recursos para obras do PPCI do Campus Porto Alegre
Início do conteúdo da página

Reitoria do IFRS garante recursos para obras do PPCI do Campus Porto Alegre

Publicado: Quarta, 27 de Fevereiro de 2019, 16h58 | Última atualização em Quarta, 27 de Fevereiro de 2019, 16h58 | Acessos: 639

Está mais próxima a liberação de recursos para concretizar as obras do Plano de Prevenção e Proteção contra Incêndios (PPCI) do Campus Porto Alegre do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS). A Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação (MEC) abriu, nesta segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019, um Termo de Execução Descentralizada (TED) para destinar recursos extra orçamentários ao IFRS. O início do ano letivo no campus, que ocorreria em 20 de fevereiro, foi adiado e as atividades administrativas estão restritas como medida preventiva.

O Termo de Execução Descentralizada foi uma solicitação feita pelo IFRS à Setec/MEC por ofício, no dia 19 de fevereiro. O reitor, Júlio Xandro Heck, esteve na Setec para tratar do tema e solicitou R$ 1,2 milhão para realizar as adequações no Campus Porto Alegre necessárias para o cumprimento do PPCI, destacando a urgência da situação.

Com a abertura do TED, o Instituto agora está informando o Plano de Trabalho elaborado, que inclui descrição das obras, justificativa para a realização e cronograma previsto. Os próximos passos serão a avaliação do Plano pela Setec e então a liberação dos recursos.

O reitor afirma que a  elaboração e execução dos PPCIs é ação prioritária no IFRS. Dentre as demandas por investimento na instituição a partir de 2018, a maior parte dos recursos é destinada a essa finalidade, com projetos e obras em execução em diversos campi. Essa prioridade também está expressa no planejamento de infraestrutura do Plano de Desenvolvimento Institucional 2019/2023.

“Os PPCIs de todas as nossas unidades são uma prioridade institucional e estamos trabalhando para regularizar estas questões. No entanto, o adiamento do semestre letivo no Campus Porto Alegre está nos exigindo medidas especiais e imediatas: solicitamos ao Ministério da Educação a liberação de recursos emergenciais para o PPCI do Campus – no que já fomos atendidos pela abertura de um TED”, explica, acrescentando: “Também apresentamos ao Campus um Plano de ação para resolver as pendências atuais. Tenho convicção  de que com o trabalho conjunto da Reitoria e da Direção do Campus Porto Alegre isso estará resolvido em breve”.

(Com informações do Portal do IFRS)

 

Leia também:

Informações sobre o adiamento do início do ano letivo no Campus Porto Alegre e horário de funcionamento das atividades administrativas

IFRS solicita recursos ao governo federal para agilizar obras do PPCI do Campus Porto Alegre

Fim do conteúdo da página