Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Todas as notícias > Notícias Principais > Incentivo para ações de arte e cultura no IFRS
Início do conteúdo da página

Incentivo para ações de arte e cultura no IFRS

Publicado: Sexta, 21 de Fevereiro de 2020, 10h31 | Última atualização em Quarta, 26 de Fevereiro de 2020, 16h54 | Acessos: 563

As ações de extensão ligadas à arte e à cultura ganharam um novo incentivo no Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS). Foi lançado, pela primeira vez, um edital institucional específico para apoiar programas e projetos da área (Edital nº 16/2020). Está prevista a destinação de valores para ações de artes visuais, dança, literatura, memória e patrimônio material/imaterial, música e teatro, que poderão ser utilizados para despesas de custeio e bolsas a estudantes.

A submissão de propostas e o envio da documentação solicitada no Edital nº 16/2020 podem ser realizados por servidores efetivos do IFRS até 13 de março de 2020. Entre os objetivos do edital está incentivar a arte e a cultura entre estudantes e servidores, promover superação de desigualdades e exclusão nas comunidades de abrangência do IFRS e contribuir para a manutenção e a permanência dos discentes nos cursos do IFRS. O auxílio institucional se dará com recursos orçamentários das Pró-reitorias de Extensão (Proex) e de Ensino (Proen).

Saiba mais

As ações culturais e artísticas estão previstas na Política de Extensão do IFRS como parte da formação humana e cidadã dos estudantes e da contribuição para o desenvolvimento local e regional, que são compromissos institucionais. “No âmbito da formação educacional integral, a articulação da arte e da cultura busca promover o exercício da criatividade e do protagonismo de todos seus agentes, além de garantir o direito ao acesso, à produção e á fruição dos bens artístico-culturais”, observa a pró-reitora de Extensão do IFRS, Marlova Benedetti.

Os formulários e as orientações para a submissão de propostas estão disponíveis no Edital nº 16/2020.

(Com informações do Portal do IFRS)

 

Fim do conteúdo da página