Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Todas as notícias > Notícias Principais > Projeto de extensão do NEABI entrega alimentos e produtos de higiene para estudantes indígenas do campus
Início do conteúdo da página

Projeto de extensão do NEABI entrega alimentos e produtos de higiene para estudantes indígenas do campus

Publicado: Segunda, 18 de Mai de 2020, 18h37 | Última atualização em Segunda, 18 de Mai de 2020, 19h11 | Acessos: 418

O Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (NEABI) do IFRS - Campus Porto Alegre promoveu na última semana a entrega de cestas básicas com alimentos, kits de produtos de higiene e limpeza, além de sementes para plantio, para estudantes indígenas do campus e suas famílias. Os produtos foram entregues nas aldeias indígenas Kaingang e Guarani onde eles residem, na região metropolitana. A organização e distribuição dos itens foi realizada por membros do NEABI IFRS-POA, do Comitê Local Covid-19, estudantes e servidores voluntários. A ação contou ainda com a parceria do projeto Panific-AÇÃO, que produziu pães e bolos para doação.

A ação faz parte do projeto de extensão NEABI POA na luta contra o COVID-19: um apoio às aldeias indígenas Kaingang e Guarani da região metropolitana de POA, contemplado no Edital IFRS nº 23/2020 – Apoio a Projetos de Extensão voltados ao enfrentamento do Coronavírus - COVID-19. A iniciativa propõe uma solução para as consequências e impactos socioculturais e econômicos vivenciados por comunidades indígenas em situação de extrema vulnerabilidade decorrente da pandemia do Covid-19, como, por exemplo, a dificuldade de acesso a alimentos e de produção de material cultural. Além de alimentos, serão fornecidas sementes para o plantio para que possam seguir com suas atividades após o período de quarentena da pandemia. 

A proposta do NEABI objetiva ainda, como enfrentamento à pandemia, não só a provisão de alimentos para que os estudantes e suas famílias possam resistir ao contágio sem precisar sair das aldeias ou dos quartos que alugam na cidade, mas também socializar conhecimentos com esses estudantes e suas famílias, a fim de que tenham acesso às informações científicas sobre a Covid-19 por meio de protocolo indígena de segurança alimentar e de saúde e sua evolução semanal e que possam seguir produzindo o seu artesanato para enfrentar o momento pós-quarentena.

Além dessa medida de enfrentamento, os estudantes indígenas e suas comunidades serão convidados a compartilharem com o grupo do NEABI e comunidade do Campus Porto Alegre, suas estratégias de segurança alimentar vivenciadas dentro do Nhande Rekó* fora das épocas de crise endêmicas e pandêmicas. Será organizado um material em conjunto com os estudantes indígenas intitulado “Dos desafios às vivências do Nhande Rekó em tempos de Covid-19”, que servirá como um material didático sobre a cultura indígena representados no nosso campus.

*modo de ser e de viver, como enxergam o mundo e relacionam com a espiritualidade.

Confira algumas fotos da organização da ação:

Cestas básicas e sementes para plantio

 

Material de orientações

 

Produção do Panific-AÇÃO e kits de higiene e limpeza

Professora Gleide Oliveira e técnica-administrativa Cinara Costa, membras do Neabi, com estudantes voluntárias dos cursos de Licenciatura em Ciências da Natureza e Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental

Fim do conteúdo da página